Como evitar acidentes domésticos com o seu animal

por

Quem tem um bichinho de estimação em casa sabe que os cuidados com animais nunca devem cessar. Eles precisam dos mesmos cuidados e preocupações que as crianças. Por esse motivo é importante saber como evitar acidentes domésticos com o seu animal.

Os bichinhos, geralmente, são extremamente ativos. Estão sempre correndo, mordendo e buscando novas formas de se divertir.
O comportamento ativo e curioso dos animais fazem com que os cuidados sejam tão necessários. Uma vez que, para eles, qualquer momento sozinho em casa é uma nova oportunidade de explorar territórios e objetos desconhecidos.

É exatamente por esse motivo, que quando tem um pet é preciso prestar atenção em todos os detalhes. É necessário se atentar as coisas que estão ao seu alcance e podem acabar causando algum acidente.

Como evitar acidentes domésticos com o seu animal

1) Telas de proteção – Para quem mora em apartamento, elas são essenciais tanto para os felinos como para os cães, que também gostam de ficar olhando pela janela. Por exemplo, uma brincadeira para pegar a bolinha perto da janela ou um pulo para alcançar um pássaro podem ser perigosos.

2) Fios de aparelhos eletrônicos ou de extensões – Além de choques com descargas elétricas por mordidas ou esbarrões, pode ocorrer enforcamento, principalmente em gatos que adoram se enrolar. É importante sempre verificar se há fios desencapados. O ideal é agrupar os fios em serpentinas e fazer com que essa fiação fique longe do alcance dos animais.

3) Área de serviço – Os produtos de limpeza nunca devem ser deixados no chão, pois os cães e gatos costumam ser curiosos e poderão se intoxicar. Coloque sempre em prateleiras ou armários fechados no alto. A lata de lixo, além de ter resto de alimento, pode conter objetos cortantes e tóxicos, também deve ser bem fechada para evitar o acesso dos bichinhos.

4) Objetos que caem no chão – Muitos viram alvo de brincadeira. Por isso, atenção com os itens perigosos como brincos, anéis, chaves, canetas, lápis, moedas, agulhas, sacos plásticos e bolas de pingue-pongue, que podem ser engolidos.

5) Sala e quarto – Como os gatos adoram caminhar por prateleiras e móveis altos, é preciso ter atenção aos objetos e enfeites que quebram facilmente. Dependendo do material, como o vidro, pode causar cortes.

6) Área externa – Toda atenção com os portões com dispositivo elétrico ou lanças pontudas. Manter sempre as portas e portões bem fechados para evitar escapadas. Cuidado também com as espécies de plantas no jardim que são tóxicas para os pets, como antúrio.

7) Piscina – Para evitar afogamento, colocar proteção ou ensinar o cãozinho a usar a escada para sair da água. Caso prefira, mantenha sempre o pet sob supervisão ou preso para que ele não caia na água.

Objetos próprios para os animais.

Uma outra dica é ter um local da casa próprio para o seu companheiro peludo ficar. Um espaço onde têm a certeza de que não existe nenhum objeto que possa oferecer algum tipo de risco para ele.

Deixar brinquedos e objetos que ele gosta a sua disposição nesse local para que ele possa descarregar a sua energia a vontade com peças que garantam a sua segurança. Sem correr o risco de acabar se distraindo com alguma coisa mais perigosa.

A linha da Papel de Bicho

Todos os produtos da Papel de Bicho são projetados especialmente pensando no bem-estar e na segurança do seu pet.

Com uma linha ecológica e prática, os produtos da Papel garantem conforto para o seu companheiro. São feitos com papéis 100% reciclado e podem ser facilmente deslocados de lugares.

Para ajudar o seu companheiro a ter um local apenas dele, onde ele possa se sentir seguro e confortável a Papel de Bicho oferece desde casinhas até caixas de areia para os gatos ou tapetes higiênicos para os cachorros.

Onde encontrar os nossos produtos.

Toda a linha está disponível para venda diretamente no nosso site clicando aqui

Gostou do post? Curta, comente, compartilhe! Sua sugestão é muito bem vinda!

Você pode gostar também

/* */