Perigo do chocolate para os pets

por

A páscoa está chegando e o comércio já está cheio de ovos de chocolate! É um momento para presentear quem nós amamos, sejam familiares ou amigos. Mas para muitas pessoas esse presente deve ser entregue aos animais, já que eles são considerados como membros da família. Mas tal hábito pode ser extremamente prejudicial ao seu animalzinho; é importante os donos entenderem o perigo do chocolate para os pets.

Não é raro ouvir relatos sobre animais intoxicados após o consumo, acidental ou não, da guloseima. Com a chegada da Páscoa é oportuno tratar do assunto para manter os tutores alertas, pois o chocolate é um dos maiores vilões dentre os alimentos tóxicos para cães e gatos.

Perigo do chocolate para os pets

A maioria dos donos não sabe que, embora o chocolate seja inofensivo para os humanos, para os cães ele pode significar a morte.

A quantidade de chocolate que faz mal ao animal depende do seu tamanho, mas cada indivíduo tem uma resistência diferente, por isso o melhor é afastar ao máximo o seu cão desse alimento. É mais seguro e saudável você comprar chocolates específicos para cachorros, feitos com ingredientes que não afetem a sua saúde.

O componente tóxico que afeta o seu cão é chamado de “teobromina”, ele é facilmente metabolizado pelo organismo humano. Os cães não conseguem eliminar essa substância rápido o suficiente e por isso acabam intoxicados.

Quando ingerida, a tobromina provoca no animal um aumento nas contrações do coração, ela causa desidratação, vômitos e, dependendo da quantidade, pode até mesmo causar uma hemorragia intestinal que pode ser fatal ao pet!

Meu bichinho comeu chocolate sem eu perceber. E agora?

Bom, nós sabemos que esses peludos de quatro patas gostam mesmo é de burlar as regras, né? Ainda mais tratando-se de um alimento tão cheiroso quanto o chocolate. É muito comum acontecerem alguns furtos, principalmente nessa época de Páscoa. Sabendo dos perigos do chocolate, se isso acontecer, o mais indicado é levar o animal imediatamente ao veterinário, principalmente se ele apresentar os sintomas já indicados.

O veterinário irá avaliar as condições clínicas do animal para saber o nível de intoxicação. Lavagem gástrica e soro para hidratação serão realizados. Dependendo da gravidade, a internação será recomendada para manter o animal em observação até que tenham a certeza de que todo o produto tóxico tenha sido eliminado do organismo do bichinho.

O principal é sempre deixar a comida em locais que ele não tenha acesso, apenas embalados não adianta, já que eles podem facilmente rasgar o pacote. O ideal é que fique guardado em lugares que o animal não vá conseguir encontrar.

Cuidado redobrado na páscoa

Como muitas pessoas ficam com bastante chocolate em casa, por ganharem chocolate de presente nessa época, os cães acabam tendo mais acesso a esse alimento do que no resto do ano. É ovo de páscoa no sofá, na mesa, na cadeira, ou seja, a chance de seu cachorro conseguir um pedaço de chocolate escondido é muito grande!

O presente de Páscoa adequado

Tudo bem, tudo bem. Nossos peludos merecem um mimo de Páscoa, né? Pois saiba que existem “chocolates” feitos especialmente para os animais. Esses produtos são feitos com ingredientes que os bichinhos podem comer tranquilamente e utilizam de artifícios como aromas de chocolate e até mesmo baunilha, para manter aquela aparência, textura e até o cheiro do chocolate. Mas lembre-se de que, mesmo sendo um produto feito para eles, não abuse da quantidade! Uma frutinha ou um pedaço de cenoura vai deixá-los feliz do mesmo jeito!

Gostou do post? Curta, comente, compartilhe! Sua sugestão é muito bem vinda!

Você pode gostar também

/* */